Araras e pardais

Um ensaio sobre óptica subjetiva

«Um pardal é uma ave extraordinária. As suas plumas cor de madeira de carvalho, com matizes de castanheiro, cedro, mogno e cerejeira cobrindo o peito suavemente arredondado, o seu bico triangular, de uma proporção perfeita, com as arestas curvadas em gentil elegância, os pequenos olhos cheios de brilho, vivacidade e enigma. É de facto um animal belíssimo. Mas porque é que é mais fácil elogiar a beleza de uma ave exótica? Dizer ‘os pardais são aves incríveis’ parece à partida distinto de ‘as araras são aves incríveis’. A diferença, a meu ver, reside pouco nas qualidades das próprias aves.»

Publicado na revista Forma de Vida nº 13, maio de 2018. Continua em https://formadevida.org/asabinofdv13.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *